terça-feira, julho 24, 2007

Não saber é o salto no escuro
o último suspiro antes do salto
o primeiro da queda

Não saber é atirar-se acreditando que a corda não se romperá
e a sensação é de despedir-se e reencontrar-se
o prazer do despreendimento que não abala o apego `a vida

Não saber é aceitar que dessa história
não se lê página
enxerga-se pouco

Não saber é não se incomodar em improvisar atos, fatos e linhas

1 Comments:

Blogger 2+2=5 said...

Vai saber se é isso aí mesmo...

3:35 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home