segunda-feira, dezembro 18, 2006

mulher é um bicho esquisito

Mulher adora uma nova e milagrosa maneira de salvar o corpo, a alma e a consciência. Afinal há de sem compensar o acarajé do almoço de domingo, que depois foi acompanhado por champagne e docinhos, e terminou junto com comida japonesa, o sakê e a cerveja.

Para isso se sujeita à técnica da massagem modelarora com drenagem linfática.
Algo que a primeira vista parece inofensivo e até prazeroso se mostra uma verdadeira sessão de tortura medieval no século XXI. A técnica consiste em massagem - ah, delícia, você pensa - mas a idéia aí é circular o sangue e quebrar os acúmulos de gordura. Com as mãos.
A massagista age tal qual betoneira seguida por rolo compressor, sendo que seu corpo em nada lembra cimento e asfalto. É um atropelamento consentido! E nada de choramingar: "Se tá doendo é porque tem muita gordura acumulada aí", ela diz toda pimpona, "faz o seguinte, segura na cabeceira da cama, assim você vai treinando para o parto". Você se contorce, retorce, distorce tentando lembrar por que raios teve essa idéia de girico e se não era melhor tomar vergonha na cara e enfrentar os famigerados exercícios. Pensa em todos os seus antepassados, nos da massagista, amaldiçoa todo mundo junto e inclusive aqueles que ainda não vieram ao mundo, pensando que se a dor de parir é parecida com aquilo, viva Madonna, Angelina e a adoção. E aí a coisa começa a parar. Ela segue para as costas, o pescoço, capricha na drenagem e você respira aliviada. Até pensa que está relaxada.
Quando acaba, vê uma ou outra marca roxa mas pensa que deve sumir com o tempo. E que nem foi tanto sofrimento assim. Aí ela diz: "Até a semana que vem. No mesmo horário." E você lembra que são dez sessões. E começa a cogitar largar a massagem modeladora e se juntar aos indonésios na auto-imolação

2 Comments:

Anonymous debs said...

Eu adoro massagem, já perdi a contam de quantas modeladoras eu fiz. Minha massagista não era de me machucar, ela misturava drenagem + shiatsu...yamiiiii!
Mas ultimamente preciso de uma massagem cerebral, pra acalmar os nervos...sinceramente, já bastava perder um namorado no ano...agora um "filho"?. Fiquei de luto.

5:13 PM  
Blogger Maria Muadié said...

"...Mundo velho e decadente mundo
Ainda não aprendeu a admirar a beleza
A verdadeira beleza
A beleza que põe mesa
E que deita na cama
A beleza de quem come
A beleza de quem ama
A beleza do erro puro do engano da imperfeição..."
Zeca Baleiro

10:21 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home